Welcome to One Piece X-Treme
Seja bem-vindos ao One Piece X-Treme. Embarque nesta aventura conosco pelos mares em busca do One Piece. Só os mais fortes irão sobreviver!
Login Registe-se

Foto

A Herança.



  • Por favor, inicie sesión para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1
Fuera de línea
em Dom Nov 30, 2014 6:24 pm






O Inicio.



Um jovem sem destino e sem casa, não tinha mais vontade de viver nesse mundo, caminhava com cabeça baixa sem uma motivação apenas desejando a morte de seus familiares, seu erro sempre foi esse o de caminhar para o caminho errado dizia seu avô um grande marinheiro, havia perdido seu pai em uma noite chuvosa estava previsto ele chegar na ilha, o pai do garoto era um capitão de uma tripulação gigante, mais todos foram mortos naquela tempestade, menos uma pessoa, uma mulher de cabelos negros que saia da água caminhando, estava grávida do menino que hoje se arrependia de ter nascido, o jovem herdou o desejo de seu pai, havia largado todo mundo ao seu redor.

O desejo do jovem Nathaliel sempre foi não de ter dinheiro e sim ter uma família mais que entendia o seu desejo de andar pelos mares, o menino tragava seu cigarro e jogava no chão, não tinha quase ninguém na vila naquele dia, era uma tarde com uma chuva não muito forte isso se não uma garoa, o menino carregava dor em seu olhar, e ódio em seu coração, mais continuava andando apenas em procura de algum feito para se fazer enquanto estava naquela cidade.

Status;
Vida: 50
Determinação: 40
Stamina: 30
VL:1,5m/s
Considerações: Estou andando só. 
credits @

Ver perfil do usuário

#2
Fuera de línea
em Dom Nov 30, 2014 8:31 pm


avatar


Narrador:

As ruas de Syrup, uma pequena ilha localizada no arquipélago Gecko, estavam lotadas, mas por elas havia um jovem que se destacava, ele era a enfase naquele lugar, mas isso era só para quem tinha olhos para ver o passado do garoto. Ele acreditava por causa de seu avô, que sempre seguiu o caminho errado, mas será mesmo? Seu único desejo, ter uma família.Escolheu assim ser um pirata, mas será que seria fácil fazer a "pirataria"?

No final da rua onde ele caminhava, havia uma loja de sapatos, a movimentação lá era bem menor do que onde ele se encontrava atualmente, perfeito para um roubo...

Ver perfil do usuário

#3
Fuera de línea
em Dom Nov 30, 2014 9:08 pm





Hey, Fuck You.
O ciclo da vida continua nós viveremos, eles morrerão.


And i don't even know what But he's coming for you, yeah he's coming for you All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run, outrun my gun All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run faster than my bullet



Acho que era cinco anos atrás o tempo que o menino havia fugido de sua casa, o ódio pela sua família era pouco na época e era muito feliz junto a ela, mais uma de suas descobertas havia feito tudo isso a mudar, quem havia matado seu pai foi seu próprio avô quem hoje estava aposentado da marinha, estava cansado de aturar mentiras e viver sobre as ordens daquele velho, sua raiva era tanta mais não tinha força nem pra encostar naquele senhor que tinha nojo de chamar de avô, alguns dias após foi descoberto que o menino saiu da cidade, mais o velho não se importo e apenas continuo em seu lugar.

Ali estava hoje o menino, preste a fazer seu primeiro ato de um pirata, era uma atitude que poucos esperavam ali ou talvez a morte de roger todos esperavam alguma coisa em alguma cidade, claro que piratas vinham e piratas voltavam, o one piece estava sendo mais desejado que qualquer coisa, mais ninguém sabia o que era aquilo nem mesmo o garoto que caminhava com passos lentos em direção da loja, o jovem já havia visto todos estilos de combate possíveis mais apenas se interessou em lutar com suas pernas, seu primeiro roubo seria feito naquela loja, esperava lucrar alguma coisa fora o item que iria roubar, dava uma risada baixa entrando na loja, sua voz não era nem tão fina nem tão grossa, era uma voz com um grave respeitoso -Ei senhor gostaria de ver algumas botas.- Falava para o atendente da loja, o garoto demostrava respeito mais mal esperou ser cumprimentado.
Status;
Vida: 50
Determinação: 40
Stamina: 30
VL:1,5m/s

Thanks Tess

Ver perfil do usuário

#4
Fuera de línea
em Dom Nov 30, 2014 9:55 pm


avatar


Narrador:

O dia estava perfeito para um assalto, mas seria isso que o rapaz queria? Qual o objetivo do jovem ao querer ser um pirata? Só uma família? Ou uma família e o One Piece, de fato, todo pirata querendo ou não, tende a ir em busca do tesouro deixado por Roger, apenas alguém que entende o sentido da vida sabe o que quer.

A pirataria geralmente começa do mais inesperado movimento, como o ato de Nathaliel, mas isso foi inesperado até mesmo ao inesperado. A um pirata, se visse uma loja daquelas, com uma proprietária sendo já uma senhora, cujo não se achava trabalhadores, o normal seria de partir pro roubo sem hesitar, até para um jovem que entra na pirataria. Mas não, o rapaz é cauteloso e ao entrar na loja apenas pedia para ver algumas botas, e a senhora com um sorriso na cara, o atende alegremente.
- Claro, moço! Veja se gostas dessas... - Colocando assim três pares de botas em cima do balcão.

Ver perfil do usuário

#5
Fuera de línea
em Qua Dez 03, 2014 6:59 pm





Hey, Fuck You.
Eu cuido do caso.


And i don't even know what But he's coming for you, yeah he's coming for you All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run, outrun my gun All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run faster than my bullet



O tempo parecia está congelado, o menino estava parado perdido em seus pensamentos, guerras e mortes era como se fosse um filme realmente, o menino caminhava lentamente até o balcão pegando uma bota preta, parecia ser exatamente seu numero seria perfeito o primeiro roubo, talvez poderia achar dinheiro se roubasse mais que a bota, o menino estava prestes a fazer sua ameaça quando sentiu um calafrio no seu corpo, talvez estava assustado por ser seu primeiro roubo, e se tudo falhasse? teria uma chance nesse mundo novamente ou morreria nas mãos de seu avô, estava decidido na verdade andava até o balcão com a cabeça baixa, já vestia suas novas botas.
Chegando ao balcão com um sorriso no rosto apenas dizia -Why So Serious.- Era uma frase de efeito enquanto dava um salto por cima do balcão em sua velocidade máxima enquanto com sua perna direita direcionava um chute no pescoço da atendente com uma tentativa de prende-la e sufocar contra a parede, caso desse errado cairia de pé no balcão dando um mortal para trás com um chute sobre o queixo da atendente com o objetivo de faze-la desmaiar assim cairia no chão do lugar aonde começou seu ataque, lembrando que nenhum momento o menino havia parado de sorrir talvez estivesse gostando da sensação.
Status;
Vida: 50
Determinação: 40
Stamina: 30
VL:1,5m/s

Thanks Tess

Ver perfil do usuário

#6
Fuera de línea
em Qua Dez 03, 2014 7:26 pm


avatar


Narrador:

De tudo o que menos imaginavam era disso, seu avô sempre fez tudo para o garoto virar um marinheiro, o jovem então mudará seu destino ao avesso, agora prestes se virar um pirata, isso se tudo desse certo, mas nada impedirá o garoto com grandes habilidades, com um sonho honrável.

O rapaz chega no balcão aproximando, logo pegando a bota e a vestindo, e revertendo a situação, pula por cima do balcão e com uma velocidade impressionante, ao seu nível, mira um chute no pescoço da senhora de idade, e a sufoca causando a sua morte.

O garoto agora com um sorriso, mas ainda sobrará algo, um funcionário um pouco mais novo que Nathaliel, estava arrumando o estoque no momento, pois quando visto o jovem havia ignorado, mas ao virar para trás rapidamente ele vê sua chefa morta, o rapaz mais novo paralisado com o medo, não sabia o que fazer, então corre o mais rápido possível em direção a Natha, e tenta acertar um soco a seu rosto.


Funcionário:
Vida: 60
Determinação: 0
Stamina: 40
VL: 2 m/s

Considerações:
~ Todos movimentos a 2 m/s

Ver perfil do usuário

#7
Fuera de línea
em Qua Dez 03, 2014 8:07 pm





Hey, Fuck You.
O Destruidor.


And i don't even know what But he's coming for you, yeah he's coming for you All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run, outrun my gun All the other kids with the pumped up kicks You better run, better run faster than my bullet



O garoto estava se divertindo em sua ação pena que a mulher morreu tão fácil, um sorriso e uma gargalhada era a expressão do garoto que esperava algo mais fora isso, caminhava lentamente para fora da loja quando ouvia passos rápidos em sua direção sua ação para se defender era simples pulava em direção do balcão novamente sendo que o funcionário atacava na direção oposta do balcão então a chance de desviar era totalmente noventa e nove por cento, com uma chance de falha, caso funcionasse o garoto corria em sua velocidade máxima em direção do funcionário -Ei garoto, terei que mata-lo por ter apontado seu corpo imundo contra mim, caso tema a derrota te digo uma coisa, basta se tornar forte, mais não darei essa chance para você, uma ultima pergunta. você luta para ficar mais forte ou fica mais forte para lutar?- Após isso apenas o movimento do jovem foi o seguinte um chute para atrás da perna do funcionário se fosse feito corretamente poderia anular a perna do inimigo, então essa ideia era trazer a tentativa de derrubar o funcionário no chão caso funcionasse apenas pisaria na garganta do funcionário até a morte do mesmo, sendo que todas a ações do jovem Natha foi feita em sua velocidade máxima e com um sorriso no canto do rosto.
Status;
Vida: 50
Determinação: 40
Stamina: 30
VL:1,5m/s

Thanks Tess

Ver perfil do usuário

#8
Fuera de línea
em Qua Dez 03, 2014 8:26 pm


avatar


Narrador:

Perguntar por que nós lutamos é perguntar por que... Algo que talvez nem saibamos, mas a resposta é obvia, diferente do garoto, que não lutava de forma óbvia lutava diferente, tinha um grande futuro, e o caminho errado agora fora para o caminho bom, mas o garoto trazia algo ruim, ia trazendo o lado ruim, com seu pensamento errado, com seu desrespeito a vida cujo finalizou, o errado não é matar, é desrespeitar, mas a personalidade era dele, cado um constrói a sua personalidade.

Nathaliel mostra sua força matando todos do estabelecimento, deixando tudo aberto, e pelo visto ninguém da rua tinha visto, principalmente que o final da rua era o mais vazio, agora o recém pirata estava livre para saquear o dinheiro e pegar as botas.

Ver perfil do usuário

#9
Fuera de línea
Conteúdo patrocinado





Mensagem [Página 1 de 1]